A Primeiraça!

Ouça Ao Vivo

×

Ouça Ao Vivo


   

Home Notícias

Veja qual será a ordem de vacinação das pessoas com comorbidades em Presidente Kennedy


Grávidas, puérperas e pessoas com deficiência permanente também farão parte do próximo grupo a ser imunizado.

04.05.2021

 

O Governo do Espírito Santo, ao lado de todos gestores dos municípios capixabas, definiu a ordem de prioridades da vacinação para o próximo grupo a ser imunizado contra a Covid-19, de acordo com o quantitativo de vacinas a serem disponibilizadas à população.

No Espírito Santo, segundo estimativas do Ministério da Saúde, a imunização vai acontecer em duas fases e serão vacinadas 598.246 pessoas destes grupos, sendo 401.670 com comorbidades, 148.611 pessoas com deficiência permanente e 47.965 gestantes e puérperas.


Fase 1:

Vacinar proporcionalmente, de acordo com o quantitativo de doses disponibilizado:

a) Na faixa etária entre 18 e 59 anos de idade:

  • Pessoas com síndrome de Down ou deficiência intelectual/mental (autismo, paralisia cerebral ou outras síndromes que desencadeiam a deficiência intelectual/mental)
  • Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise)
  • Pessoas com fibrose cística
  • Gestantes e puérperas com comorbidades pré-determinadas no PNO
  • Pessoas com obesidade mórbida (índice de massa corpórea - IMC ≥ 40)

b) Na faixa etária entre 55 e 59 anos de idade:

  • Pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Considera-se deficiência intelectual/mental os indivíduos com limitações nas habilidades mentais gerais, que impedem as suas atividades habituais e exigem autocuidados.

Fase 2:

Vacinar proporcionalmente, de acordo com o quantitativo de doses disponibilizado, segundo as faixas de idade:

  • 50 a 59 anos
  • 40 a 49 anos
  • 30 a 39 anos
  • 18 a 29 anos
  • Pessoas com comorbidades pré-determinadas no PNO
  • Gestantes e puérperas independentemente de condições pré-existentes
  • Pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC


Comprovação:
Para comprovação das condições de saúde, as pessoas precisam levar no momento da vacinação documentos como laudo médico e prescrição de medicamentos. A data do documento comprobatório deverá ser de 2018 em diante, ou seja, dos últimos três anos, para condições permanentes e 90 dias para condições adquiridas e transitórias (gestantes e puérperas, por exemplo), e os serviços de vacinação deverão reter a cópia.

Lista de comorbidades:

- diabetes mellitus;
- pneumopatias crônicas graves;
- hipertensão arterial resistente;
- hipertensão arterial estágio 3;
- hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade;
- insuficiência cardíaca;
- hipertensão pulmonar;
- cardiopatia hipertensiva;
- síndromes coronarianas;
- valvopatias;
- miocardiopatias e pericardiopatias;
- doenças da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas;
- arritmias cardíacas;
- cardiopatias congênitas no adulto;
- próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;
- doença cerebrovascular;
- doença renal crônica;
- imunossuprimidos;
- anemia falciforme;
- obesidade mórbida;
- síndrome de down;
- cirrose hepática.

Confira a fonte original do Kennedy em Dia, clicando aqui.

 

 

 

Comentários


 

 

Mais

Canal de Prêmios


O maior canal de prêmios do Sul do Estado, ligue e participe.
  28 3542-1017
28 99907-1017

 

Redes Sociais


   

 

© Rádio Cultura de Castelo FM. Todos direitos reservados.

Produção / Cadetudo Soluções Web